Dúvidas? +55 11 3661-2785 - WhatsApp: 9 7170-9055|contato@corpbusiness.com.br

Vamos virar o jogo na Saúde Corporativa?

/, Carreira, Liderança, Mercado, Saúde/Vamos virar o jogo na Saúde Corporativa?

Vamos virar o jogo na Saúde Corporativa?

Tempo de Leitura: 5 minutos

Vamos virar o jogo na Saúde Corporativa?

Os resultados de uma Pesquisa realizada pela ABRH-Brasil e ASAP, em 2020, com 704 empresas representativas do País, sugerem que as estratégias e programas de saúde corporativa têm sido, em sua maioria, pouco efetivos frente à escalada de custos.

A Pesquisa evidencia que esse baixo resultado explica-se pelo fato de que as melhores práticas de gestão não estão devidamente implantadas na maioria das empresas.

É como se diante dos desafios para gerar valor e reduzir custos de Saúde em forte aceleração, cada empresa tomasse seu próprio rumo, antes mesmo de entender mais profundamente suas necessidades e oportunidades.

No entanto, os desafios empresariais são muito semelhantes entre elas e só poderão ser vencidos com uma estratégia clara e consistente, que atue muito mais sobre as causas do que sobre os sintomas.

Nem mesmo, as melhores práticas, já longamente testadas pela sua eficácia, são utilizadas plenamente pelas empresas. A Pesquisa revela que umas optam apenas por um punhado delas e que este não é o mesmo para outras. Assim, se parte para a batalha sem as armas adequadas e os resultados ficam muito abaixo de desejado.

A melhor notícia é que podemos virar o jogo! Há caminhos mais seguros e efetivos de transformar essa realidade. As empresas podem progredir se recorrerem a estratégias e indicadores precisos, políticas e processos adequados e equipes capacitadas. E há um arsenal de ferramentas já testadas e comprovadas.

É possível e realizável superar a escalada dos custos, agravados pelos abusos e desvios na utilização dos seus programas de saúde, da mesma forma que muitas empresas já aplicam à gestão de seus investimentos de sucesso.

O que aconteceria se, evolutivamente, mais e mais empresas melhorassem sua gestão e reduzissem sua sinistralidade?

Como outras formas de seguro, fundamentadas no conceito de mutualidade, a tendência seria a queda no preço dos serviços para todas.

Temos uma grande oportunidade para os líderes empresariais, em especial aos de RH, investirem no aprimoramento da gestão da saúde corporativa. Precisamos deixar de cuidar apenas das doenças e de seus custos consequentes, para promover ambientes corporativos mais saudáveis, voltados à prevenção.

Uma boa dose de gestão, liderança e educação pode fazer com que suas equipes cuidem melhor de si mesmas, assumindo sua responsabilidade pela sua própria saúde ao se alimentarem bem, serem ativas, aprenderem a enfrentar o estresse, dormirem mais e melhor etc.

São competências individuais e coletivas que podem ser aprendidas se a empresa quiser. Preparar sua liderança para tal, investir em treinamentos, comunicação e incentivos apropriados vão construir um ambiente de trabalho mais saudável e produtivo, onde possa prosperar a inovação e a melhoria da competitividade. Estas deveriam ser as principais prioridades a orientarem os programas de Saúde para gerar valor.

O autor Luiz Edmundo Rosa é diretor da ABRH-Brasil, responsável da área de saúde corporativa, que junto com a ASAP coordenam o Fórum Nacional de Saúde Corporativa.

Luiz Edmundo Rosa
Luiz Edmundo RosaAutor
Diretor do Instituto de Gestão Sustentável e Diretor de Desenvolvimento de Pessoas da ABRH
2021-01-28T15:24:18-03:00 28 de janeiro de 2021|

Próximos eventos

  1. 1ª Edição: Gestão Estratégica de Talentos e o Futuro do Trabalho

    11 de janeiro de 2022 - 09:00 à 13 de janeiro de 2022 - 12:00
  2. Gerenciamento de Produtos

    11 de janeiro de 2022 - 14:00 à 13 de janeiro de 2022 - 18:00
  3. 10ª Ed. Remuneração Estratégica e Benefícios

    18 de janeiro de 2022 - 09:00 à 20 de janeiro de 2022 - 12:00
  4. Fórum de indicadores de RH

    18 de janeiro de 2022 - 14:00 à 20 de janeiro de 2022 - 18:00
  5. 3º Ed. S&OP Summit

    1 de fevereiro de 2022 - 09:00 à 3 de fevereiro de 2022 - 12:00